SulAmérica Seguros patrocina companhia de formação artística em teatro musical

A SulAmérica Seguros, com realização do Instituto Evoé, apresenta a Cia Teatro Transforma, companhia de formação artística em teatro musical, com o objetivo de fomentar a cadeia produtiva e formar novos profissionais em todas áreas e funções.

O curso, inteiramente gratuito, oferece 30 vagas e é voltado para jovens de baixa renda a partir de 16 anos, que já tenham entrado em contato com teatro, música ou dança em algum momento.  Com a pandemia do Covid-19, o projeto voltou-se momentaneamente para o ensino à distância, em uma proposta inovadora e desafiadora.

A nova companhia entende a arte como uma ferramenta de transformação e inclusão social.  Os alunos, que além do auxílio financeiro previsto para transporte e alimentação durante as aulas presenciais, receberão um auxílio extra até o final do ano por conta do momento atual, vão contar com uma equipe de peso para formar novos talentos, incluindo professores de canto, dança, atuação, fonoaudiológica, entre outros.

“A SulAmérica vem investindo em arte desde 2008, por meio do Circuito SulAmérica Música e Movimento. Estamos muito satisfeitos em apoiar a Cia Teatro Transforma, um projeto inclusivo e, de certa forma, revolucionário no país. Para o Brasil crescer e se desenvolver de verdade, precisamos de iniciativas como essa”, diz Zeca Vieira, diretor de Marketing da seguradora.

A seleção dos alunos foi feita através de contatos com ONGs de diversas comunidades no Rio de Janeiro, além da internet, totalizando mais de 200 inscrições. Durante o processo de audição, a equipe ficou atenta em dar oportunidades iguais para todos os gêneros, incluindo trans, e em formar uma turma com o mesmo número de homens e mulheres.

“A cada nova audição para montar um musical, verificamos o potencial do Brasil com o surgimento de novos talentos. Dar a chance para quem não tem oportunidade de estudar de se aperfeiçoar e ter uma profissão é o que nos move nesse projeto”, explica Aniela Jordan, diretora do Instituto Evoé.

O primeiro módulo, com o ensino à distância, terá duração de dois meses e serão estudando cinco pilares: prática cênica (leitura dramatizada), história do teatro musical, canto solo (estética americana), técnica vocal (falada) e caracterização (maquiagem para o palco). Os outros módulos incluirão oficinas de preparação de ator, canto conjunto, dança, dança clássica, entre outros. Em dezembro os alunos farão uma leitura dramatizada.

O último período, em 2021, terá duração de 3 meses, incluindo a montagem de um musical dirigido por João Fonseca, que será realizado no Teatro Riachuelo. Os alunos participarão como atores e/ou em outras atividades tais como assistência de direção, assistência de direção musical, camareira, contrarregra, iluminador, entre outras.