Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres lança campanha contra o machismo e a cultura do estupro

Nesta sexta-feira, 25 de novembro, é celebrado o Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher. Para marcar a data, a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres lança campanha de enfrentamento à violência sexual contra a mulher. O intuito é desconstruir a cultura do estupro, incluindo os homens no debate para mostrar que a raiz do problema também está nos hábitos cotidianos, nas pequenas ações, e que dizem respeito a todos.

Criada pela Propeg, a campanha tem como conceito “Machismo. Já passou da hora” e conta com o ator Thiago Fragoso, que abriu mão do cachê em prol da causa. Toda a comunicação aponta a necessidade de mudança na percepção da sociedade, que tende a banalizar e naturalizar a violência contra as mulheres, além de reforçar quais providências devem ser tomadas pela mulher que sofreu violência sexual.

De acordo com Emerson Braga, vice-presidente de Criação da Propeg, “a campanha visa impactar a população e jogar luz a um problema que está cada vez mais presente na realidade dos brasileiros. Ela veio num momento muito importante, em que a sociedade está constatando o quão machista e sexista ela ainda é, apesar dos avanços em muitos aspectos”, explica. Essa realidade foi comprovada por uma pesquisa recente, que revelou que mais de um terço da população brasileira (33%) considera que a vítima é culpada pelo estupro; e 65% das pessoas têm medo de sofrer violência sexual.

A ação é composta por comercial para TV aberta, anúncio em revistas segmentadas, envelopamento dos vagões de metrô para mulheres nas praças do Rio e Brasília, além de peças para internet e redes sociais.

Confira o comercial:

campanha propeg

 

Ficha Técnica

Campanha: 16 dias de Ativismo – Mulhe
Agência: Propeg Comunicação S/A
Cliente: Secom – Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República
Vice-Presidente de Criação: Emerson Braga
Direção de Criação: Beto Ramazzina; Bertone Balduíno
Criação: Beto Ramazzina; Bertone Balduíno; Maurício Oliveira; Maurício Passarinho; Diego “Tufão” Pizzini
Criação Digital: Seiki Fabrício
Vice-Presidente de Atendimento e Gestão: Vitor Barros
Diretora Executiva: Renata Sanchez
Atendimento: Renata Barrionuevo; Ana Laura Naves
Planejamento: Melina Romariz; Rafael Freaza
Mídia: Neide Santos
Produção RTVC: Wagner Moreira
Produção Gráfica: Magali Amorim
Produção Digital: Seiki Fabrício
Revisão: Denise Goulart
Produtora de Vídeo: Vapt Filmes
Finalização: Vapt Filmes
Produtora de Áudio: Technológica Música
Diretor de Cena: Vitor Amati
Diretor de Fotografia: Jacques Cheuiche
Título: Pode Parar
Data de Produção: 22/11/2016
Duração: 30” (trinta segundos)
Cidade/Estado de Produção/Captação das imagens Brutas: Rio de Janeiro / RJ.