“Samsung Creative Startups” premia startups com aceleração na Coréia do Sul

O “Samsung Creative Startups”, programa da Samsung em parceria com a Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) e o Centro Coreano de Economia Criativa e Inovação (CCEI) e que tem o objetivo de estimular e apoiar o desenvolvimento e a aceleração de empreendimentos de base tecnológica apresentou, nesta terça-feira (30), as soluções criadas pelas nove startups que se graduaram no Batch 3 da iniciativa.

A Samsung também anunciou as duas startups que foram escolhidas para participarem do processo de incubação cruzada com a Coréia do Sul: a IoT Makers, que criou o Galena, um roteador para Internet das Coisas que permite ao usuário conectar dispositivos como lâmpadas e smartphones e disponibiliza um sistema de autodiagnostico de segurança; e a Joga+, que desenvolveu um aplicativo para que jogadores de futebol otimizem seu desempenho em campo por meio do monitoramento das práticas feitos via smartwatch ou smartphone.

As startups selecionadas irão para o país asiático onde participarão de mentorias com executivos Sul Coreanos da Samsung, de consultoria para estruturação de pitch focado no mercado Sul Coreano, além de se apresentar durante o Startup Festival 2018 Bounce Busan, entre outras atividades.

Pela primeira vez, o programa de aceleração da Samsung também vai levar uma startup para participar do Samsung Developers Conference 2018, a conferência anual de desenvolvedores realizada pela empresa em São Francisco, na Califórnia. A escolhida foi a Dreamkid, empreendimento que criou o Felt, plataforma de jogos interativos para ajudar as crianças a expressarem e lidarem com os sentimentos.

Na cerimônia de encerramento do Batch 3, realizada em São Paulo, as empresas mostraram produtos com foco em educação infantil, Internet das Coisas, agronegócio entre outros, que foram desenvolvidos ao longo dos nove meses de aceleração. Durante o período, as startups receberam até R$ 250 mil em aporte financeiro, além de um pacote ampliado de serviços e conveniências das empresas parceiras, que incluiu acesso a ativos, tecnologias, laboratórios de P&D, treinamentos, assessorias, mentorias, networking e redes de investidores, como também acesso à infraestrutura e serviços oferecidos pela Anprotec e sua rede de incubadoras, aceleradoras e parques tecnológicos.

“É com imenso orgulho que apresentamos os produtos desenvolvidos pelas startups durante o 3ª batch do programa. Nesta edição, tivemos a oportunidade de ajudar na criação e aprimoramento de soluções inovadoras e com grande potencial de sucesso”, afirma Paulo Quirino, Coordenador Nacional do Programa Creative Startups na área de Pesquisa e Desenvolvimento da Samsung. “Além do aporte financeiro, também pudemos proporcionar para as startups participantes treinamentos, assessorias, mentorias técnicas e de mercado, o que contribuiu para o ótimo resultado final”, complementa.

Para José Alberto Sampaio Aranha, presidente da Anprotec, os resultados do programa confirmam o sucesso da parceria. “Através da rede de incubadoras que recebe as startups do programa, o Creative Startups oferece as ferramentas para que a empresa nascente chegue mais estruturada, com um produto melhor desenvolvido e know-how de mercado, porque é isso que transforma ideias em grandes projetos”, afirma.