Qsaúde faz alerta sobre os aumentos desproporcionais dos planos de saúde

Chegou o ano novo e junto com ele as indesejadas contas de janeiro. Entre elas, o boleto de aumento dos planos de saúde, que foi duramente impactado pelas suspensões dos reajustes em 2020 por causa da pandemia do novo coronavírus.

O tema é destaque na nova campanha publicitária do Qsaúde, a operadora de planos de saúde que só comercializa planos individuais com uma rede parceira de atendimento premium para atender, inicialmente, a população da capital paulista. Os clientes do Qsaúde não terão os boletos aumentados em janeiro. Como o seu lançamento aconteceu em 18 de outubro do ano passado, não há incidência de reajuste anual agora. O cálculo tem sempre como base os gastos com a carteira de saúde suplementar de 2019 para 2020.

Criada pela agência Africa, a campanha traz novamente o casal Otaviano Costa e Flávia Alessandra como protagonistas. Com leveza e bom humor, os atores explicam as vantagens e benefícios do Qsaúde perante os outros planos de saúde do mercado, especialmente no momento difícil que estamos vivendo.

A cobrança retroativa dos planos de saúde vai contemplar o que deixou de ser pago entre os meses de setembro e dezembro. O valor total do que deixou de ser cobrado nos quatro últimos meses do ano passado poderá ser diluído em até 12 parcelas. Mesmo assim, vai pesar no bolso, principalmente, de quem tem plano coletivo por adesão. Para se ter ideia da consequência para o orçamento familiar, o reajuste dos planos individuais será de 8,14%, índice que foi fixado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) para o exercício 2019/20, contra os mais de 15%, em média, para aqueles que têm os coletivos no mesmo período.

“O Qsaúde resgata os planos individuais com o propósito muito claro de garantir que os reajustes anuais dos planos de saúde não sejam abusivos e estejam dentro dos parâmetros da inflação médica. Com isso, queremos que o cliente tenha uma previsibilidade de custo para que possa ter acesso à saúde suplementar sem sacrificar outras prioridades na vida para que consiga continuar cuidando de si e da família com a confiança em uma assistência de qualidade”, afirma o cirurgião cardiovascular Anderson Nascimento, Vice-presidente Executivo do Qsaúde.

A campanha conta com veiculação em TV aberta, Pay TV, rádio, mídia impressa e digital.

Assista: