Livro resgata a história do Guaraná Antarctica

Para recordar seus 95 anos de história, Guaraná Antarctica lança o Livro de Wara’ná, publicado em edição limitada e dividido em quatro fascículos que convidam o leitor a conhecer mais sobre o fruto nativo da Amazônia que é, também, matéria-prima do produto.

O livro traduz em design o mesmo cuidado artesanal que forma a base de produção do refrigerante: que desde o plantio da semente, até a colheita, passa pelas mãos dos agricultores da região de Maués, no coração da Amazônia.

“Com esse projeto levaremos ao público toda a cultura e o trabalho artesanal envolvido na produção de cada latinha do Guaraná Antarctica que os brasileiros já conhecem”, explica Diogo Dias, diretor de marketing da marca. “Há anos desenvolvemos um trabalho de parceria com os produtores familiares na Amazônia que foi capaz de fomentar a economia da região, cuidar do meio ambiente e também preservar a história e a cultura do guaraná. É a história do guaraná e dessas pessoas que vamos contar neste livro”, complementa.

Segundo Theo Rocha, diretor de criação da F/Nazca Saatchi & Saatchi, agência responsável criação da publicação “é impossível não se apaixonar pela história e pelo processo de produção. E precisávamos dividir essa experiência com todo mundo. O livro, produzido manualmente, recria de forma lúdica e visual a história do fruto, da Amazônia, dos maués, e das mãos que produzem o guaraná”.

Filme

A marca também apresenta em tv aberta seu novo filme “Colheita”, que traz para frente das câmeras os produtores locais da cidade de Maués, na Amazônia.

“Neste filme vamos apresentar ao público parte do processo por trás de cada lata de Guaraná Antarctica, mostrando os verdadeiros responsáveis pelo cultivo do guaraná e um pouco da cultura da região de Maués”, explica Diogo Dias, diretor de marketing da marca. “Há anos desenvolvemos um trabalho de parceria com os produtores familiares na Amazônia que foi capaz de cuidar do meio ambiente e também preservar a história e a cultura do guaraná, um fruto de cultivo extremamente delicado e artesanal, o que reflete no cuidado que temos com o Guaraná Antarctica”.

O filme tem criação F/Nazca Saatchi & Saatchi e conta versões de 60, 30 e 15 segundos. Para Fabio Fernandes, presidente e diretor geral de criação da F/Nazca Saatchi & Saatchi, “o filme traz para a grande mídia pela primeira vez, de maneira lúdica, um assunto que é celebrado todos os anos na comunidade de Maués: o início da colheita do guaraná, que vai dar o sabor ao refrigerante mais brasileiro de todos”.

Confira:

Ficha Técnica

AGÊNCIA: F/Nazca Saatchi & Saatchi
CLIENTE: Ambev
PRODUTO: Guaraná Antartica
TÍTULO: O Livro de Wara’ná
DIREÇÃO GERAL DE CRIAÇÃO: Fabio Fernandes
DIREÇÃO DE CRIAÇÃO: Theo Rocha | Rodrigo Castellari | Pedro Prado
REDATOR: André Brandão
DIRETORES DE ARTE: Fabiano Higashi | Pedro Gabbay
ILUSTRAÇÃO: Fabiano Higashi | Fabio Vido | Pedro Gabbay | Estúdio Pum | Full Throttle
TIPOGRAFIA: Fabiano Higashi | Gisele Oshiro | Pedro Gabbay | Estúdio Pum
ART BUYER: Juliana Gardim | Edna Bombini
FOTÓGRAFO: Fernando Cavalcanti
PRODUÇÃO: Jomar Farias | Guilherme Gaggl | Leandro Ferreira
ATENDIMENTO: Saulo Sanchez | Rafael Cappelli | Luiz Ortega | Marcella Guerrero
MÍDIA: Maurício Almeida | Edison Tamashiro | Luana Gallizzi | Gabriela Guedes | Mônica Maheda | Fernanda
Fujisawa
PLANEJAMENTO: Andre Foresti | Rafael Camilo | Gabriela Sanchez | Werleson Junior
APROVAÇÃO CLIENTE: Diogo Dias | Fernanda Neves | Jose Freitas | Richard Lee.