EX4GERADO, da Vivo, é um dos vídeos mais vistos do YouTube no Brasil

EX4GERADO, branded content da Vivo lançado no dia 12 de junho a partir de gravação de clipe da música Exagerado, de Cazuza, é um dos filmes publicitários mais visto do YouTube no Brasil. Criado pela Africa, com mais de 26,8 milhões de visualizações, atingiu os 5 milhões de views em 24 horas a partir de seu lançamento; e 15 milhões em menos de uma semana. No total, o conteúdo contabiliza mais de 300 mil likes e 90% de comentários positivos nas redes sociais.

Além disso, os acessos ao site que proporcionava a experiência de segunda tela a partir do filme – projeto transmídia com storytelling, que oferece uma segunda versão extrapolando a tela do computador e trazendo o celular como ferramenta de interação – ultrapassaram 500 mil. Para conhecer a experiência, basta acessar o site www.vivoexagerado.com.br, sincronizar o smartphone com o desktop por meio de browsers. Enquanto o filme passa na tela do computador, o usuário recebe as informações adicionais e interage com a narrativa pelo celular. A Wunderman é a agência responsável pelo desenvolvimento do projeto de segunda tela.

“Este ano tínhamos o desafio de superar todas as expectativas, de exagerar mesmo e proporcionar experiências incríveis às pessoas”, conta Cris Duclos, diretora de Imagem e Comunicação da Vivo. Para tanto, além do re-colour da canção Exagerado, a Vivo reeditou a versão original do Circo Voador na Praia do Arpoador (RJ), onde Cazuza se tornou famoso e tocou com as bandas mais importantes do rock nacional em 1982. Durante os dias 12, 13 e 14 de junho, houve uma programação cultural inspirada na original com a participação de grandes cantores, artistas, músicos, jornalistas e público geral, que participou gratuitamente com ingressos disponibilizados pela internet. Nos três dias, assistiram aos shows e participaram das oficiais culturais, teatrais, debates e outras ações no Circo mais de 4 mil pessoas. E um telão na praia de Ipanema reuniu outras milhares acompanhando toda a programação do lado de fora da lona.

“Mesmo com todo poder de segmentação, o meio digital precisa ser reconhecido também pelo seu enorme alcance. Foi o que fizemos: disponibilizamos conteúdo de qualidade para o maior número de pessoas possível, especialmente através do YouTube”, diz Beto Lima, diretor de Mídia para a Vivo na Africa.