Claro lança ‘Live Store’, loja virtual com transmissão em tempo real

Com o intuito de aprimorar a experiência dos consumidores e aproximar a operadora de seus clientes, a Claro iniciou a transmissão em tempo real da Live Store Claro (http://www.claro.com.br/livestore). A loja virtual permite aos espectadores comprarem smartphones, acessórios e planos, além de tirar dúvidas ao vivo, por meio de consultores especializados.

A iniciativa é pioneira no setor de telecomunicações no Brasil e acompanha o movimento de aceleração da digitação, impulsionada pela pandemia do novo Coronavírus e das restrições para operação normal dos pontos de venda tradicionais, e foi idealizada pelo hub de inovação da agência iD\TBWA.

Para lançar a Live Store Claro, a operadora investiu na criação de um estúdio próprio com a cenografia de suas lojas físicas, ideal para produção de vídeos e para interação com os clientes. A apresentação ficará a cargo de especialistas de diversas áreas da companhia e de consultores tecnológicos, muitos deles vendedores que também atuam em lojas físicas, se tornando uma extensão do conceito de inovação e proximidade com seus clientes.

A partir dessa “loja estúdio”, em São Paulo, a Claro oferecerá uma experiência única aos clientes, que poderão acompanhar unboxings, reviews e tutoriais para uso de diversos gadgets, smartphones e acessórios, além de conferir entrevistas com convidados especiais e conhecer os diferenciais e funcionalidades exclusivas que a Claro disponibiliza.

“A Live Store Claro chega como uma nova forma de apresentar os nossos produtos, em um formato que virou tendência no e-commerce pós-pandemia. Iniciativas como esta já são sucessos em outros países mais avançados em comércio eletrônico, como na China. Quisemos trazer uma experiência estendida das nossas Lojas e mais uma inovação que chega primeiro para os nossos clientes da Claro, com a facilidade de acessar em qualquer lugar e em todas as telas, sempre a um clique de distância de tudo que o usuário quiser.  É mais do que um canal de vendas, é estarmos mais próximos das pessoas, conversando, tirando dúvidas e oferecendo conteúdo relevante. Queremos ajudar na escolha da melhor solução para aumentar a familiaridade dos consumidores com a tecnologia e serviços que oferecemos, por onde ele quiser e escolher estar com a Claro.”, comenta Renato Guimarães, diretor de canais próprios da Claro.

A plataforma criada vai muito além de uma Live de redes sociais, pois conta com integração de quatro tecnologias essencialmente: streaming, trazendo uma nova experiência e apresentação ao usuário em tempo real; realidade aumentada, possibilitando o engajamento do usuário com os produtos exibidos na loja virtual; chatbot, oferecendo o envio de dúvidas sobre produtos e serviços que serão devidamente esclarecidas pelo especialista que conduz a live, assim como direcionamento para o SAC; e e-commerce, conduzindo o produto selecionado pelo cliente para o carrinho, onde a conclusão da compra pode ser realizada.

“O cenário atual estimula novas soluções criativas e de negócios para trazer inovação às marcas, alavancar vendas e fortalecer o relacionamento com o público. Por meio de realidade aumentada, transmissão em tempo real, chatbot e outras tecnologias, desenvolvemos um novo canal de conteúdo, de conexão e conversão on e offline, que pode ser acessado em múltiplas telas e até conectar os consumidores com as lojas físicas”, explica Camila Costa, sócia e CEO da iD\TBWA. “Criar um projeto como esse, junto a uma marca tão inovadora como a Claro, nos dá a oportunidade de explorar dados, criatividade, conteúdo e performance de forma aprofundada e genuína”, completa.

O projeto também conta com a parceria da VOCS, empresa do universo audiovisual que é responsável pela parte técnica e artística da Live Store Claro, assim como dos equipamentos utilizados; Da More Than Real, desenvolvedora de experiências imersivas e que é a responsável pela plataforma CMS e pela camada de interação da Live Store Claro; E com a TracyLocke, agência de Trade da Claro, responsável pela loja estúdio e pelo material de ponto de venda.