Anistia Internacional alerta sobre a privacidade na Internet

Em tempos de alerta relacionado à liberdade de expressão e privacidade na Internet, a Anistia Internacional lança a ação “Fonte Mutante”. Os dados são decisivos para o início da campanha: 80% dos brasileiros são contra o governo americano interceptar, armazenar e analisar a internet no Brasil; 65% são contra o governo brasileiro interceptar, armazenar e analisar comunicações via internet e celular e outros 55% são a favor de uma supervisão transparente e independente de qualquer controle. A iniciativa tem assinatura da Africa Rio.

Trata-se de uma fonte online criada para proteger a privacidade de quem escreve na internet. Máquinas rastreiam textos na internet pela forma dos caracteres ou pelo código-fonte. A Fonte Mutante tem um design com pequenas intervenções gráficas que impedem as máquinas de enxergarem as formas da fonte e seu algoritimo é embaralhado a cada 24 horas para dificultar o escaneamento automático. São sete fontes que podem gerar milhares de diferentes códigos para confundir o rastreamento e proteger seus dados. Assim, o usuário conseguirá ler as informações, mas as máquinas não.

É só acessar www.fontemutante.com, escrever o seu post e colar no HTML do seu site ou blog. Junte-se a nós. Fonte Mutante – Letras que vão ajudar a escrever um novo capítulo na luta pela privacidade na internet.

Para ver como funciona, acesse: www.youtube.com/watch?v=RJq8kh1byQc&feature=youtu.be.

 

FICHA TÉCNICA:

Cliente: Anistia Internacional
Título: Fonte Mutante
Agência: Africa Rio
VP de Criação: Álvaro Rodrigues
Direção de Criação: Álvaro Rodrigues, Diogo Mello
Criação: Otto Pajunk, Guilherme Cunha, Maicon Silveira, Marcos Gemal, Rafael Pfaltzgraff, Gustavo Marcula
Atendimento: Márcia Feitosa, Maíra Nogueira
Web Developer: Magno Costa
Produtora de Som: Silence
Gerente de Projetos: Monique Lima
Produtora de Vídeo: Buena, Dash Film
Aprovação: Átila Roque, Thais Herdy