A Dermatus renova e reposiciona a marca após 43 anos

A Dermatus, marca carioca especializada na manipulação de formulações de uso tópico e no desenvolvimento de dermocosméticos, completa 43 anos adotando um estilo totalmente consciente e minimalista. A empresa investiu R$ 500 mil reais para trazer diversas mudanças para a nova marca. A partir de meados de junho, a nova a marca traz um elemento “D” que pode substituir a nomenclatura Dermatus, a cor verde que representa a cura e a essência cruelty free permanece para continuar enaltecendo um dos pilares da empresa que é a sustentabilidade.

Por ser uma marca carioca, a empresa fez questão de homenagear o Rio, utilizando o padrão gráfico do calçadão de Copacabana em todas as embalagens dos produtos industrializados, materiais de PDV, lojas, e uniformes da Força de Vendas. Todo o portfólio de produtos recebe embalagens recicláveis, remodeladas com novo design, mais funcionais, com rótulos mais evidentes. O destaque são os lançamentos no decorrer do ano (2021) de sete produtos livres de sulfatos, parabenos e veganos. Dentre eles shampoos, condicionador em barra, máscara facial (BubbleMask), bruma facial (Essential Beauty Relax), creme revitalizante para o rosto de uso noturno (Sleep Reverse) e creme para a área do pescoço e colo (Anti TechNeck). As matérias-primas utilizadas nos produtos são provenientes da biodiversidade brasileira com a devida declaração junto ao Ministério do Meio Ambiente.

Segundo Claudia Souza, diretora de marketing da Dermatus, os lançamentos foram pensados a partir das necessidades dos consumidores e das tendências do mercado, além das inovações que podemos oferecer, respeitando sempre a biodiversidade brasileira. Hoje a empresa adota as suas ações baseadas em cinco pilares: Inovação, Tecnologia, Sustentabilidade, Experiência e ser uma marca especialista na pele brasileira. Inovação através da pesquisa e desenvolvimento de fórmulas personalizadas e produtos industrializados utilizando ativos de ponta, busca contínua por atualização de fórmulas que sejam mais sustentáveis e menos nocivas ao meio ambiente e formas farmacêuticas diferenciadas, que entregam resultados comprovados através de testes de eficácia e segurança.