REF+T divulga vídeo com manifesto que valoriza arte e ciência na comunicação

Com 14 anos de mercado, a REF+T – posicionada entre as dez maiores agências independentes do Brasil – adota um novo posicionamento: Art and Science. Em evento realizado para clientes e prospects, nesta semana, em São Paulo, os sócios Ricardo Calfat, Renato Pereira, Eduardo Barros, Fernando Calfat e Marcelo Tripoli apresentaram esse novo posicionamento por meio de um manifesto em vídeo.

“Optamos por um filme porque a linguagem audiovisual está presente em todos os meios e é a maneira mais fácil de transmitir uma mensagem neste mundo ultra conectado que vivemos. Sintetizamos um pouco da visão e das crenças da REF+T nesse novo momento de mercado”, comenta Tripoli, sócio e CCO.

A ideia é transmitir, de maneira diferente, a missão da agência em um momento disruptivo – processo de desconstrução e reconstrução – pelo qual a propaganda está atravessando. O manifesto em filme, com dois minutos de duração, contou com a atuação de uma equipe multidisciplinar composta por mais de 50 pessoas entre arquitetos, artistas plásticos e profissionais da produtora BossaNovaFilms e da própria REF+T. “As experiências apresentadas no filme são uma metáfora bastante interessante desses conceitos que aparentemente não andam do mesmo lado, porém quando estão juntos possibilitam criar trabalhos incríveis. Isso é colocado em prática no filme através das luzes, cores, lasers, instalações, projeções e efeitos”, finaliza Marcelo Tripoli.

A divulgação do manifesto será realizada por meio de ações no digital.

Confira:

Ficha técnica

Diretor de criação: Marcelo Tripoli e Renato Pereira
Criação: Deny Zatariano
COO: Ricardo Calfat
Diretora de atendimento: Fabiola Toschi
Atendimento: Vanessa Marinelli
Planejamento: Will Prestes
CMO: Fernando Calfat
Head of digital: Fernanda Andresa
RTVC: Gabriela Garroti
Produtora: BossaNovaFilms
Diretores: Chico&Mosca
Instalações e projeções: Vapor 324
Produtora de áudio: Decloedt Audio
Produtor musical: Arthur Decloedt
Aprovação: Eduardo Barros, Fernando Calfat, Marcelo Tripoli, Renato Pereira e Ricardo Caftat.