NBS Rio+Rio e Sebrae promovem encontros de profissionalização para fotógrafos

A exposição Favelagrafia, que está em cartaz no MAM, até o dia 4 de dezembro, foi o ponto de partida para a profissionalização dos fotógrafos participantes deste projeto, fruto de uma parceria entre o Sebrae e a NBS Rio+Rio. Eles participam de encontros de especialização e preparação para ingressar no mercado profissional de fotografia.

Ao todo, serão 6 encontros, com temas de empreendedorismo que vão desde as oportunidades de atuação profissional no mercado da fotografia, até formalização, direito autoral, formação de preço e gestão do tempo. Os encontros acontecem até 09 de dezembro, sempre no escritório da NBS, com a participação de consultores do Sebrae e profissionais da NBS.

“Tivemos a preocupação de apoiar os fotógrafos do projeto Favelagrafia também como empreendedores, contribuindo para a evolução profissional de cada um. O Favelagrafia é só o começo da carreira desses talentosos fotógrafos e, por isso, a parceria com o Sebrae é tão importante”, afirma Aline Pimenta, Diretora da NBS Rio+Rio.

“O mundo da fotografia é bastante diverso e gera demandas distintas, onde há espaços diferentes com olhares de profissionais que querem e desejam empreender. Conhecer ferramentas ágeis de gestão, formalização e mercado são fatores essenciais para transformação dessas demandas em oportunidades concretas”, diz Eduardo Magalhães, Analista do Sebrae.

Nas mais de 180 fotos, que compõem a mostra do MAM, os fotógrafos Anderson Valentim, Elana Paulino, Jéssica Higino,  Josiane Santana, Joyce Marques, Magno, Omar Britto, Rafael Gomes e Saulo Nicolai eternizam, em diferentes momentos, o Morro do Borel, Santa Marta, Morro da Mineira, Complexo do Alemão, Providência, Cantagalo, Babilônia, Rocinha e Morro dos Prazeres, respectivamente, e contam as histórias de seus moradores, suas belezas e paisagens.