Hood e Rastro desenvolvem Mostra “Arte dos Sentidos” para Bombay Sapphire

Após promover a campanha “Arte dos Sentidos”, Bombay Sapphire, gin premium mais vendido do mundo e que pertence ao Grupo Bacardi, lança neste final de semana uma mostra de arte com o mesmo nome. Na ação desenvolvida em parceria pela Hood e pela Rastro, os artistas expoentes no cenário brasileiro Marcela Cantuária, Karola Braga, Ikaro Cavalcante e Saskia uniram-se ao curador Guilherme Teixeira para entregar uma mostra de arte com instalações sensoriais originais despertando todos os cinco sentidos – visão, olfato, paladar, tato e audição.

Essa é a materialização da campanha que carrega o mesmo título e que vem sendo trabalhada desde 2021, e que tem como objetivo instigar a criatividade por meio dos cinco sentidos. “Pensamos a Mostra de uma maneira para remeter a toda sensorialidade e estado-da-arte que o gin Bombay Sapphire proporciona”, conta Rafael Bizachi, sócio da Rastro, lembrando que a iniciativa pretende provocar reflexões sobre o papel dos sentidos em nossa criatividade.

O evento é aberto ao público e acontece de forma gratuita nos dias 14 e 15 de maio, na Alameda Eduardo Prado, 667 — Campos Elíseos, em São Paulo. A iniciativa faz parte do posicionamento global da marca – “Stir Creativity” – que ressalta o Bombay Sapphire como o gin autêntico como arte. Durante o evento, sob a responsabilidade da Rastro, haverá uma cobertura real time e audiovisual com produção de conteúdo in loco nas redes sociais de Bombay para quem quiser acompanhar de forma virtual.

Histórico da campanha:

Iniciada em dezembro de 2021, a campanha “Além dos Sentidos” estreou pela primeira vez na na TV aberta com filme desenvolvido pela BBDO e adaptado no Brasil pelas agências Rastro e Hood.

A comunicação contemplou uma comunicação 360 com peças criadas para OOH – relógios, pontos de ônibus, shoppings e aeroportos -, mídia impressa e uma série original com os artistas convidados para a mostra, que investigou os processos criativos em seus ateliês.

Também fez parte do projeto uma masterclass exclusiva guiada por Paulo Miyada, artista, professor, curador adjunto da Bienal e agora curador do renomado complexo cultural francês Pompidou. No evento, foram feitas provocações para despertar a criatividade, inspirando-os para a criação das obras que estarão em exposição na mostra.