Campanha de Movida Zero KM apresenta o carro por assinatura

A Execution é a nova agência da Movida Zero KM, divisão da Movida especializada no serviço de carro por assinatura para pessoas físicas. O modelo de negócios é tendência no mercado mundial, especialmente Estados Unidos, e vem sendo apontado como a solução de mobilidade urbana para os novos tempos, pois representa uma nova forma de consumir o carro, sem incluir despesas e burocracias que dão dor de cabeça, e com o benefício de um carro sempre novo, com modelo e período de contrato (a partir de 12 meses) à escolha. O cliente, nesse caso, fica só com a parte boa de ter o veículo.

Para divulgar o serviço, a Execution cria uma campanha com o conceito “Movida Zero KM. O carro do futuro… é por assinatura”, que faz referência a modelos ultrapassados em diversos segmentos, sempre com muita burocracia e sem facilidades. Alguns exemplos mostrados na campanha são as fitas VHS, os videocassetes e o CD player, modelos de aquisição que acabaram sendo substituídos por serviços de assinatura muito mais práticos e interessantes. A mesma lógica vale para os carros comprados que, na maioria das vezes, vem com o financiamento, além de custos vinculados a seguro, IPVA, manutenção e depreciação, sem contar a dor de cabeça com a gestão da burocracia. “Isso era o passado. Agora, o carro do futuro é por assinatura. É Movida Zero KM”, explica o filme.

A campanha parte de insights como o de que 93% das pessoas consideram importante ter ao menos um carro na garagem de casa, segundo pesquisa encomendada pela Movida Zero KM à Hibou, mas quase 60% delas nunca ouviram falar no serviço de carro por assinatura e cerca de 25% já ouviram falar, mas não sabem bem o que é. A ação é composta por peças de mídia impressa e um filme de 30 segundos que mostra o carro por assinatura como nova opção para os consumidores.

“Esse é um segmento novo e representa uma nova forma de mobilidade e de utilizar o carro. Ao invés de adquirir, o consumidor assina um serviço e usufrui da parte boa – estará sempre de carro novo, com todos os serviços em ordem e sem as despesas de manutenção. A ideia da campanha, do carro do futuro, mostra exatamente essa disrupção, em que as pessoas podem virar a chave e perceber que não precisam mais comprar. É uma tendência de mercado global, e que chegou agora ao Brasil”, diz Charles Sperandio, CMO da Movida.

“A campanha trata de um modelo que vai transformar a forma como utilizamos carros e que o futuro se torna cada vez mais parte do presente. A campanha chama a atenção das pessoas para saírem do automático trazendo conhecimento sobre as vantagens do modelo e convidando os consumidores para experimentar essa nova solução de mobilidade”, explica Geraldo Rocha Azevedo, CEO da Execution.