Bold se reestrutura para ampliar atuação no digital

Sócios - esquerda - Marcelo Namura, Daniele Marques, Gabriela Hunnicutt, Rodolfo Campitelli.

A agência Bold – empresa dedicada à criação de conteúdo para plataformas digitais, – decidiu se reestruturar para atender as demandas. Hoje a empresa oferece quatro serviços independentes: a Bold Digital, a Bold Conteúdo, a Extrabold e a mais recém-criada, a Bold Influenciadores.

“Há 11 anos quando lançamos a Bold, o mercado ainda não estava preparado para contratar uma empresa 100% focada no segmento de conteúdo. A Bold, então, se especializou em redes sociais e, com o tempo, foi acrescentando serviços como mídia, Social CRM, Business Intelligence até se tornar uma full digital”, explica Gabriela Hunnicutt, fundadora e CEO da agência.

Com um valor agregado: diferente das outras digitais do mercado, a Bold tem um braço de produção audiovisual dentro de casa, a Extrabold – o que gera a possibilidade de produção de vídeos e fotos com alta qualidade e custos mais realistas para o universo digital.

Propaganda e conteúdo, para a Bold, são áreas com estruturas e dinâmicas muito distintas, a decisão, então, foi separar os núcleos de negócios em 4 unidades. Hoje a Bold conta com a Bold Digital, a Bold Conteúdo, a Extrabold e a mais recém-criada, a Bold Influenciadores. A empresa caçula, focada em planejamento, mapeamento e gestão de influenciadores, completa toda a entrega que os clientes precisam para serem relevantes no digital.

Esta área chega trazendo um olhar diferente, onde os influenciadores não são vistos como números, a visão da unidade de negócio é baseada na estratégia, oferecendo uma entrega mais qualificada aos clientes.

“Trabalhar com 4 unidades distintas, mas complementares traz inúmeras vantagens. Enquanto trabalhamos de forma integrada, garantindo não só qualidade, mas agilidade e redução de custos, as áreas funcionam de forma independente. Ou seja, um cliente pode contratar só a Extrabold, ou só a Bold Conteúdo ou duas ou mais unidades. E isso acontece de forma 100% transparente, sem sobreposição de taxas ou comissionamentos”, explica Gabriela.